Textos

PRAIA DOS ANJOS
PRAIA DOS ANJOS

Minha querida princesa Ana Flor
Que anjo torto foi que te guardou
Fez de ti uma crente em delírios
Como se tivesses solucionado ele,
O mistério da fonte da juventude
Quais drogas te ajudaram achar
Que tinhas preservado as forças
Solares q supostamente poderiam
Te resguardar das traças dos guarda-
Roupas. Quem ousaria amar-te, a
Ti, garota frágil, mulher em busca
De se mostrar em pó, empoderada
Quem saberia traduzir o q estavas
A esconder sob a calcinha bordada
Seus enfeites de paetês??? Quem +
Poderia traduzir os hieróglifos, os
Tristes ares que te lançaram ao mar
Nele, tubarões sempre estarão bem
À vontade. Querem fazer-te frações
De não mais juntar os pedaços. Não
Sabes, minha querida, só você pode
Salvar-se. Junta tuas forças e rema
Flua tua lua nua em direção à praia
Acredita, minha Pia que um dia hás
De, finalmente, nela desdobrar-se.
Em companhias que Te ajudarão
A star na praia talvez, Nova Mente!!!      
Decio Goodnews
Enviado por Decio Goodnews em 26/07/2022
Alterado em 10/08/2022
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários