Textos

O PERFIL DO ESCRITOR E A FEIÇÃO DO CONTEXTO HISTÓRICO
O Perfil Do Escritor E A Feição Do Contexto Histórico

O perfil de escritor não pode estar desvinculado de seu contexto histórico. Os textos de minha autoria dizem isto. Lendo-me, o leitor terá uma inserção no com texto de meu caráter literário inserido freudianamente na personalidade coletiva de meu tempo histórico.

Literatura enquanto entretenimento informal. Informativo. Cultura crítica. Questionamentos pertinentes à real idade do dia, dias. Não adie as leituras. Elas se querem atualizadas. Amanhã, novas notícias vão condicionar a mente. Pessoal. Coletiva. Novos conhecimentos na idade cronológica do dia. O escrever motivado pela opinião de desaprovação da intencionalidade política pré-histórica de dominação troglodita da sociedade sem educação, saúde, sem Qualidade de vida: sem, sem, 100.

A realidade "coisificada" por um demente nazifascista que apenas visa o lucro no Bolso, e a corrupção covaxina. Ele governa apenas para seus milicianos e a filiação das rachadinhas. A CPI da Covid-19 já provou com entrevistas e documentos a intenção desse governo em transformá-lo e à sua mente, em mera lataria do lixão e da sucata.

O presidente mais despreparado intelectualmente da história toda da República Federativa do Brasil. Um maluco nazifascista que quer apenas a reeleição. Desconfie dos políticos confiáveis e suas verbas superbilionárias com o dinheiro dos impostos pagos por sua crucificação social e a de seus familiares.

Tudo é por demais muito caro para você, eleitor: enquanto os bilhões de seus impostos são canalizados para o festival do Bolso dos deputados e do Senado, seus impostos pagam o festival de molecagens, mentiras e o ritual do besteirol das "fake-news".

Fique no sofá sob a influência anestésica das imagens TVvisivas, com os dois olhos bem abertos. Escancarados. Como no filme de Kubrick seus olhos são pagos para ficarem bem fechados. A sociedade quer você agachado frente às ofertas do senhor Mercado. Mantenha a pose de atento. Ela poderá salvá-lo amanhã. Salve-se!!! Se possível, não apenas a pose. A posse de você por você mesmo pode ser um trunfo a considerar. Mantenha fé nas ideias ideais.

Sua cara, caro leitor, não deve nunca ser o rosto em oferta da cidade. Da vitrine, nelas as modelos contemplam o tempo perdido em investimentos na vã vaidade. Ao escrever essas coisas sobre eu e você, quem sabe você fique atento ao jogo dos espelhos nas ruas movimentadas da suposta civilidade.

É preciso construir-se na desconstrução imposta pela cultura. Lewis Carrol criou Alice em meio a personagens de intensa realidade dentro da terceira dimensão animada dos muros e muralhas dos palácios vitorianos. Com bolos dentro dos Bolsos, doces e salgados recheado de gusanos. A realeza inglesa, os vassalos da Rainha Vitória, fazendo-lhe a Corte mostrando as entranhas orgânicas das mesuras delicadas nos palácios das aparências destrambelhadas.

Quem sabe vc se identifique com o Chapeleiro Maluco, ou com a lagarta Absolem, com o Coelho Branco, ou simplesmente com o Gato Risonho. O mundo de Alice No País Das Maravilhas é alegórico. Todos estamos inseridos nele. Queiramos ou não. Inclusive aqueles que hoje estão no Palácio do miliciano maníaco, lunático, zureta, abilolado.

Nós brasileiros precisamos nos decifrar e decifrar também esse mundo real que é também uma alegoria. A aristocracia vitoriana dominou o mundo real do poder, da cobiça e da vontade de submeter o reino desunido da Corte a seus interesses subterrâneos.  

Essa dominação se ampliou e ficou valendo para todas as Cortes e poderes governamentais, nos governos municipais, estaduais e federais nas cortes dos países totalitários assim como os países que se dizem democráticos e são desgovernados por malucos tipo "sou eu quem mando":

— ""Não usem máscaras, aglomerem, só faltou dizer: "não sujem as mãos com álcool gel", se contaminados queiram ser tratados com cloroquina. Não se preocupem que meu ministro da Saúde, o Pazuello, vai comprar vacinas que não existem, mas que serão pagas, se possível, antecipadamente. O empenho do dinheiro já havia sido liberado"".  

— "Eu tornarei ricos todos os meus executivos das milícias civis, principalmente os de fardas, que me representem nos municípios, estados e no DF. Minha correspondência oficial será entregue por militares que usarão tanques de guerra e carros blindados para se locomoverem com correspondências a mim endereçadas. Tô pagando, sou eu quem mando. Eu falo o que falo e o que não digo".

Todos os brasileiros razoavelmente informados sabem que o principal Conselheiro do presidente é um autodenominado "filósofo de manicômico" que habita na Virgínia (EUA). De seu currículo consta também serviços prestados enquanto astrólogo de feira livre, que agora faz mapas astrais para o pessoal do presidente Paga Mico. A última aberração dele é querer prender os ministros do STF. Até solicitou ao Congresso seus impeachments. É ou não tantã??? — Diga você, leitor.


Decio Goodnews
Enviado por Decio Goodnews em 16/08/2021
Alterado em 16/08/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários