Textos

A DIALÉTICA FILOSÓFICA DO BESTEIROL
A DIALÉTICA FILOSÓFICA DO BESTEIROL

O PROGRAMA DO BIAL não vai mudar porque existe para isto: fazer entrevistas com todo tipo de gente boa da cultura do entretenimento nacional. Bial está lá, no palco garantido pelas palmas da plateia para que seu sorriso, sua expressão corporal e a sua fala indutora de aliciamento de auditório (e da sala de jantar) continuem na noite seguinte.

O PAÍS VIVE UMA CRISE total: econômica, financeira, política e cultural. Os convidados do programa do Bial não vivem crise nenhuma. Nem a plateia do aplauso automatizado. O espectador do sofá faz de conta que tudo está de bem-estar.

“VOCÊ JÁ PENSOU VIVER num país em que filósofos têm popularidade de pop star”??? Bial Neandertal começou o programa com essa frase aí. Ao mesmo tempo que a pergunta estava a afirmar a excelência cultural inexistente no país Brasil.  

A CULTURA TV VISIVA da farsa nacional aceita por todos silenciosamente e sob aplausos. Uma belezura de programa que faz justiça ao tropicalismo TV visivo. Mas, ora direis, é um país de estrelas. Bial brilha, os entrevistados são soldados da cultura filosófica a debater o tema muito atual da felicidade.

KARNAL, PONDÉ & CORTELLA estavam na tela, e faturando lançamento de livro trino. Trino de três canarinhos autores. Piu, piu, piu pra cá, piu-piu-piu pralá, piu-piu-piu pracolá: cantaram as maravilhas filosóficas nas falas intérpretes da felicidade num país de infelizes enganados todos os dias por seus políticos, por seus banqueiros, por seus programas de TV, pela resiliência social de um Povo anestesiado pelos séculos dos séculos.

E A PLATEIA APLAUDINDO e os espectadores do sofá da sala de jantar dormindo, sonhando com a maionese do dia seguinte. Tudo na mesma. Nada de novo com os pingos nos iis e os pintos badalando no palco dentro do ovo goro de suas falas suposta mente eruditas em frente às câmeras do entretenimento inepto.

UM PAÍS DE PATETAS ??? — Não. Um país de abestados ??? — Não. Um país de filósofos ensinando ao Povo o que é a felicidade tim-tin por tim-tin. Com todos os pormenores, incluindo os testículos batendo um no outro, e as taças a tilintares cristal com cristal, e os neurônios de um lado e do outro, o tico e o teco a se confraternizarem.

A EDUCAÇÃO PELA TV VISÃO e a cultura do besteirol andam lado a lado, passo a passo. Bial e o seu sorrisão de simpatia, metáfora dos vendedores de bugigangas que ofertam mercadorias no vídeo entre um e outro intervalo comercial.

COM RARAS EXCEÇÕES OS entrevistados do Bial fazem parte da comédia de erros da cultura nacional. Não se pode reclamar que há crise de produção de bestagens, baboseiras, necedades, pachouchadas, despautérios, bufarinhas e chanchadas.

O SISTEMA FINANCEIRO e a política econômica financiam todo esse robusto e disciplinado trabalho de manter capitalizado com asneiras o Inconsciente Coletivo Nacional via Programa do Bial Neandertal et caterva. É o compromisso cultural do país e de sua política de crédito e controle mental ocupada em manter as coisas como estão.
Decio Goodnews
Enviado por Decio Goodnews em 16/12/2019
Alterado em 19/01/2020
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários