Textos

QUEM É CONTRA A CORRUPÇÃO NÃO PODE TER CORRUPTOS DE ESTIMAÇÃO !!!
QUEM É CONTRA A CORRUPÇÃO NÃO PODE TER CORRUPTOS DE ESTIMAÇÃO !!!

É NECESSÁRIO QUE NÃO SEJAMOS metáforas dos avestruzes. Eles enfiam a cabeça na areia como se estivessem a esconder-se. Não vamos nos esconder sob a plataforma enganosa dos hipócritas. Quer sejam de direita ou de esquerda. Quer sejam direitopatas ou esquedopatas. Não à seletividade familiar da corrupção.

QUEM REATIVOU A SISTEMÁTICA da corrupção nos poderes da República fora o titular do palácio do Planalto, Jair Messias Bozo Onagro. O evento da desmoralização do Coaf fora promovido por ele para proteger a corrupção seletiva, familiar, e fazer parar as investigações sobre os atos de corrupção do filho.

OS SEIS MINISTROS CORINGAS do STF Inconstitucional que votaram pró-prisão de criminosos apenas após o trânsito em julgado são realmente inconstitucionais. Se não o fossem o Povo não estaria a voltar às ruas para fazer valer a luta renhida contra a corrupção institucionalizada na “Praça É Nossa” dos Três poderes que eles representam.

ELES, OS MINISTROS CORINGAS do STF Inconstitucional !!! Eles estão com aquele sorriso cínico e superlativamente demencial do Coringa da ficção. Estão sorrindo cinicamente de suas próprias e astuciosas manobras de poltrona, entre uma e outra silenciosa flatulência, ora a levantar a bunda para a esquerda, ora a erguer o cacareco para a direita e liberar o excesso de vaidade nas ventosidades lado a lado.

O PRESIDENTE DO STF JÁ ESTÁ a dizer o que eu previ, em artigo atual, que ele diria:  alegaria que o Congresso poderia mudar o entendimento constitucional via nova lei sobre a PEC da prisão em 2ª Instância. “Totó” é um cafajeste vulgar pervertido pela ideologia e o fanatismo de seus criador: Lullalau.

A DITADURA JURÍDICA QUE ELE representa enquanto chefe dos chefes do grupo de meia dúzia de Coringas do “Instituto Lullalau” (STFI) está a viger da forma mais degradante, como nunca se viu antes neste país, desde a vigência governamental do marechal Deodoro da Fonseca.

O AUTORITARISMO DEGRADANTE desses ministros tentou, até conseguir, no plenário desse Supremo Tribunal liberar o muitas vezes criminoso Lulllalau desde que fora preso após julgamento em 2ª Instância.

ESSA MEIA-DÚZIA DE MINISTROS togados não têm a mínima sensibilidade jurídica, intelectual. São totalmente incapazes (ou se fazem de) traduzir a vontade popular de 57.796.986 de votos que elegeram o presidente Jair Messias Bozo Onagro. Elegeram-no pelas promessas de combate à corrupção que eles, ministros, querem, a qualquer custo manter nas instituições e torná-la imune às leis e à Lei constitucional.  

É PRECISO DENUNCIAR DE TODAS as maneiras as atitudes de Bozo Onagro ao diluir a força investigativa do Coaf em benefício da corrupção seletiva familiar. Para sustar as investigações que chegavam no calcanhar de Aquiles do filho, ele, Bozo, simplesmente extinguiu a instituição.

BOZO APROXIMOU-SE DE “TOTÓ” confraternizando com o presidente do STFI, principal figura jurídica empenhada em soltar o criminoso que o posicionou numa das poltronas de privilégios e mordomias do Supremo Tribunal.

LIVRE, O MALUCO LULLALAU está disposto a surtar baboseiras em seus falares de palanque nos ouvidos inadvertidos de um povaréu marcado pela iatrogenia ou série de doenças mentais derivadas da miséria, da subnutrição, de uma educação rudimentar. Ou seja: o povaréu indefeso está outra vez em mãos desse outro mito de Almanaque.
Decio Goodnews
Enviado por Decio Goodnews em 12/11/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários