Textos

FUNDO ELEITORAL: A RAIZ DA ÁRVORE CORRUPÇÃO INSTITUCIONAL !!!
FUNDO ELEITORAL: A RAIZ DA ÁRVORE CORRUPÇÃO INSTITUCIONAL !!!

NÃO SE ENGANE ELEITOR, o Senado já aprovou o aumento do “valor do fundo eleitoral, principal fonte de recursos para as campanhas políticas” (Estadão, 4ª feira, 18/09/2019). E prossegue a notícia principal da 1ª página: Segundo o relator da proposta, senador Weverton Rocha (PDT-MA) houve compromissos de deputados e senadores de destinar R$ 1,7 bilhão ao fundo”.

ESSE SENADOR É DO MARANHÃO, e o Maranhão é feudo da oligarquia Sarney e de seus herdeiros políticos e jurídicos. O Fundo Especial de Assistência Financeira aos Partidos Políticos não está restrito às campanhas eleitorais.

A UNIÃO BANCA AS MORDOMIAS partidárias, os bilhões que financiam partidos são os mesmos que incentivam os criminosos do colarinho branco a praticar crimes contra o erário público, ao mesmo tempo em que as quadrilhas de políticos garantem a impunidade de seus membros juridicamente aprovando leis em causa própria.

NUMA DEMOCRACIA republicana o exercício da política não se exerce de acordo com normas constitucionais. O governo dos políticos no Congresso e no Palácio do Planalto é um governo de oligarcas, em favor das oligarquias, em proveito dos interesses delas, oligarquias da soberania de autoridades e de uma burocracia de demandas particulares.

O PODER DE CASSAR E REVOGAR mandatos (recall) não está a prevalecer. Os eleitores não sabem como continuar a defender seus direitos democráticos supostamente garantidos pelo voto, quando seus ditos representantes estiverem a fazer em seus mandatos, o que não foram autorizados pelos eleitores a fazer.

A PRÁTICA DA CRIMINALIDADE institucional é sistematicamente financiada pela União. As excelências, uma vez eleitas se posicionam incomunicáveis às demandas de seus eleitores. Não se definem nem se comportam enquanto funcionários públicos substituíveis por aqueles eleitores que os elegeram.

O LEGISLATIVO, O CONGRESSO, enquanto o povão passa os maiores vexames sem empregos, lançados à criminalidade pé de chinelo para sobreviver, elas, as excelências alçadas à condição de ETs incomunicáveis, num patamar social muito acima daqueles que os elegeram, cuidam de tornar menos rígido o controle de campanhas eleitorais enquanto aumentam vertiginosamente as verbas partidárias.

O PODER PELO PODER do lobby político excita as excelências do Legislativo que ganham, por debaixo dos panos quantias extraordinárias, que extrapolam em muito o valor milionário de seus salários ao interferir nas decisões do poder público em benefício dos objetivos, muitas vezes muito escusos, defendidos pelos lobistas.

SEUS INTERESSES PARTICULARES nada têm a ver com interesses públicos. Exemplo recente, atual, quente, é o grito de guerra do atual presidente: “Sou Eu Queimando” (“Sou Eu Quem Mando”). Manda nas motivações que são de sua família e não do interesse público.

OS MAIS DE 57 MILHÕES DE VOTOS que o elegeram para que desse fiança pública ao combate à corrupção foram queimados em atitudes que beneficiam familiares em detrimento das promessas reiteradas de campanha. O Onagro, ou populista de plantão no Planalto, eleito pela imprensa espanhola um dos imbecis do ano de 2018, vai continuar um mandato sem a afirmação e o voto de confiança de 57.797.847 eleitores traídos.
Decio Goodnews
Enviado por Decio Goodnews em 18/09/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários