Textos

HORIZONTAR-SE ESTÁ DIFÍCIL
HORIZONTAR-SE ESTÁ DIFÍCIL
Minha metáfora, há quanto tempo
Voltei de te ver dileta fada azul
Cismei com você de tanto tempo
Igual a 1ª vez como num blue
A ave le coeur voltou a bater
No imo estimado, salto no passado
Estavas tão longe retida no tempo
Não havia agora nem hoje em você
O pássaro distante voava em seus dias
Na alcova de ossos do peito batendo
Guardava o ardil de mais nos querer
Presa no larbirinto dos anos sessenta
Não ouvi sua mente quase silenciosa
Uivar: “help” !!! Sim, ouvi seu SOS
Mas... Que poderia fazer? Te dar
A mão e vencer a ímpar gravidade ???
O peso fenomenal dos anos 60 em vc
Seus pés flutuando longe voando
Um anjo torto precisando de mim
Simples humano desafiando-me vencer
A gravidade longe, trazer-te ao séc. XXI
Seus pés distantes desse chão também
Tão inseguro: “Você, te ouvi dizer,
Não vai ajudar-me” ??? Esse abismo
Em que te vejo é tão profundo
Eu preciso de você em meu mundo
Estás tão febril, pesada... Outra vez
O reflexo mágico e misterioso
Nosso passeio naquele mundo longe
Onde os sentidos se multiplicavam
Na intensidade que nos unia noite dia
Os Beatles entoavam Let It Be
Voltei a ouvir Magical Mystery Tour
Ainda assim não vencemos a distância
Os dedos permanecem ansiosos por ti.

(P.S: HORIZONTAR É UM VERBO (NEOLOGISMO). TENTE
CONJUGAR: EU ME HORIZONTO/TU TE HORIZONTAS...).
Decio Goodnews
Enviado por Decio Goodnews em 16/09/2019
Alterado em 17/09/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários