Textos

A CONTA DE LUZ QUE VOCÊ NÃO PAGA
A CONTA DE LUZ QUE VOCÊ NÃO PAGA

POR NÃO PAGÁ-LA você sai às ruas aos milhões e está a fazer de conta que sente prazer e alegria em ser outro Vadinho ou vadia possessa do marxismo cultural a brincar o carnaval enquanto esquece que precisa ir às ruas por Intervenção Constitucional.

POR NÃO PAGAR a conta de luz de seu coração e de sua mente você se contenta com fantasias dementes de folião do bloco do pavão misterioso cheio de bijuterias e adornos frescuras que, em última análise, não te redime de seus sofrimentos, humilhações, vergonhas e torturas diárias.

POR NÃO PAGAR a conta de luz da gnose do conhecimento, depois da quarta-feira de cinzas você vai voltar às humilhações de seu salário minguado e de sua rotina de energúmeno possesso esperando a quarta-feira e o domingo para se agrupar na galera de um estádio de futebol e torcer pelo gol de sua equipe de antropoides.

POR NÃO COBRAR a qualidade no ensino escolar de seus filhos, você vai continuar a ignorar a educação e a cultura do letramento e a esnobar o saber e a educação que os libertaria de sair às ruas travestidos de vagabundas e de sodomizados pelas lideranças políticas que fizeram da mulher Pomba-Gira a mãe do carnaval da Augusta.

POR NÃO COBRAR dos políticos a votação das DEZ MEDIDAS CONTRA A CORRUPÇÃO, a Pomba-Gira vestida de vermelho, mãe dos Chapolins colorados brasileiros, de adaga islâmica na mão, vai continuar a ditar as regras da sala de jantar.

POR NÃO PAGAR a conta de luz da qualidade na educação, você vai sair às ruas orgulhoso habitante da cultura tropicalista cantada pelo Chico Malandro, por seu séquito de Macunaímas do tropicalismo da década de sessenta de Gil e Caetano.

POR NÃO EXIGIR dos políticos corruPTos e malandros Qualidade nos serviços públicos que você paga às duras penas, você, seus vizinhos, a sociedade em que habita, vai continuar a se alimentar de drogas e taras sexuais de sobrevivência.

POR NÃO EXIGIR respeito à Constituição você vai continuar a se alimentar de um copo de refrigerante com sanduíche de mortadela para comparecer às manifestações públicas de representantes da República Federativa dos Bandidos.

POR NÃO PAGAR a conta de luz do conhecimento e da qualidade de ensino você aceita calado todos os desvarios políticos e jurídicos do Planalto como se fossem dádivas divinas do psicopata Gramsci e de sua turma de vadiagem traquina.  Viadagem e pederastia fazem parte da dádiva cultural “divina maravilhosa” da sociedade gay cor de rosa “zarco íris”.

POR NÃO PAGAR a conta de luz da educação, da saúde e da qualidade dos demais serviços públicos, você aceita o refrão globalista e cínico que está na sala de jantar de sua casa e de seu apartamento zombando de sua vida fútil, leviana e carnavalesca: — “Na tela da TV no meio desse povo, a gente vai se ver na Globo...”. (Bis).



Decio Goodnews
Enviado por Decio Goodnews em 10/02/2018
Alterado em 10/02/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários